Imagem capa - COVID-19 - Preciso adiar meu casamento! E agora? Por onde começar? Como devo fazer? por Welington Gonçalves Fotografia

COVID-19 - Preciso adiar meu casamento! E agora? Por onde começar? Como devo fazer?

Com toda crise vivida no país e no Mundo devido a pandemia da Covid-19, vimos nas últimas semanas muitos casais tendo que lidar com o fato de adiamento do casamento, alguns com receio do surto não ter prazo para ser controlado, e outros por medo de não ter seus convidados presentes em um dia tão especial e planejado durante anos. 

Em meio a tantas dúvidas e dificuldades que vemos no mercado, decidi escrever esse texto com o intuito de ajudar as noivas que passam por esse momento hoje ou que passarão nos próximos dias/meses. Tive a contribuição de assessores renomados no mercado de eventos e casais que passaram por "poucas e boas” nos últimos dias, com certeza todo conteúdo que conseguimos reunir ajudará os casais "desesperados" nesse momento. 



Como planejar o adiamento. Por: Vinicius Favale (Multipla Eventos) 


- Como as noivas dos meses mais próximos (especialmente março, abril e maio) devem proceder? Qual é o passo a passo?

A recomendação é para adiarmos as festas de março e abril. As de maio ainda estamos aguardando mais um pouco, até no sentido de não sobrecarregar os fornecedores que neste momento vivem uma difícil tarefa de realocar as festas. A primeira coisa é, caso a noiva tenha um cerimonialista: converse com ele e tentem juntos buscar uma nova data no espaço onde a festa seria realizada. Logo depois os demais fornecedores precisam ser avisados da data escolhida, para validar se todos podem neste mesmo dia. Se sim, a próxima etapa é informar os convidados da nova data. 


- Como as noivas de maio em diante devem proceder?

Estamos sugerindo que de maio em diante, aguardemos. Não podemos dizer com certeza que a partir de maio as coisas estarão normalizadas, mas estamos pedindo calma, para que seja viável atender os clientes prioritários, ou seja aqueles que casam em março e em abril. 


- O que os fornecedores têm oferecido de possibilidades para os casais? O que tem sido flexibilizado?

Os fornecedores estão sendo bastante flexíveis. Estamos pedindo aos clientes que não cancelem, remarquem seus eventos e em contrapartida, as datas oferecidas para os casais que adiam estão sendo prioritariamente para este ano, e muitas vezes em dias de semana (sexta-feira por exemplo) não por estratégia, mas por incapacidade de alocar em um sábado, que normalmente está ocupado. As noivas tem aceito. Quando não, esta mudança pode vir a ser para o ano seguinte. 


- Quais as vantagens que as noivas têm ao adiar ao invés de cancelar?

Se todas as noivas cancelassem, o mercado sofreria um colapso e isso refletiria na incapacidade de os fornecedores honrarem com estes distratos . Adiando, as noivas garantem a manutenção do seu sonho e os fornecedores conseguem honrar seus compromissos.  


- Nesse período em que as pessoas estão mais recolhidas em casa, há algo que os casais podem fazer para "adiantar" os preparativos? É possível fazer reuniões online, por exemplo?

A sugestão é essa. Não parem os preparativos. Sigam com as reuniões, mas de casa, via Skype, WhatsApp .. enfim, não presenciais. Mas sigam.. 


- Qual é o papel do assessor nesse momento de crise?

Paciência, empatia e compreensão . Entender que adiar é uma questão de saúde pública e uma forma de prevenir o avanço da doença, preservando as pessoas que amamos. Paramos agora, para comemorar depois. 


- O que os noivos podem fazer se não tiverem um assessoria? Pedir ajuda ao espaço. Mas reitero, nestas horas de crise o papel do assessor se mostra ainda mais indispensável.

Vinicius Favale - Multipla Eventos

Instagran: @viniciusfavale | @multiplaeventos



Como planejar o adiamento. Por: Gi Millan Assessoria


- Preciso Adiar meu casamento, qual a primeira coisa a se fazer? 

A primeira coisa é alinhar datas do espaço e da igreja (se houver) e conversar com todos os fornecedores envolvidos, tentando manter todos os fornecedores que contrataram.


- Se eu não tiver uma assessoria, como devo proceder? 

Busque informação e faça contato com seus fornecedores, todos do nosso mercado estão se mostrando solidários a essa situação, com certeza estarão dispostos a lhe ajudar.


- Não vou casar agora, mas estou em momento de contratação dos fornecedores, essa crise pode refletir em minha preparação? 

É necessário ter atenção pois sem dúvida o segundo semestre de 2020 vai ter um acúmulo de eventos e os fornecedores que vocês querem  podem não ter mais a data. Então seria prudente fechar seu serviço garantindo os fornecedores que você quer em seu casamento!


- Terei que pagar multas contratuais para adiar meu casamento?

As Multas variam de acordo com cada contrato, evitamos falar de questões jurídicas pois cada fornecedor tem seus termos em contrato, mas neste momento estamos lidando com muita flexibilidade dos fornecedores e ninguém tem cobrado multas dos noivos, o Mercado está se ajudando e todos entendemos que é um momento que devemos nos ajudar e fazer com que todo casal consiga realizar o seu sonho.




Dicas da Gi Millan para as Noivas:

Tenham calma, pensem que seu sonho vai acontecer e que todos nós estamos aqui para tentar minimizar ao máximo toda a sua dor nesse momento . As noivas que precisam migrar data e não tem assessoria podem me chamar para tirar dúvidas estou a disposição para ajudar. 

É um momento inédito para todos nós, temos que nos unir. 


Gi Millan Assessoria

Instagran: @gimillanassessoria


...Em minha parte como fotógrafo, nesta última semana, também tive situações de adiamento de casamentos que aconteceriam em abril. Conversei muito com os casais durante a semana para auxiliá-los no adiamento e me colocar a disposição para ajudá-los. Achei muito interessante colocar para vocês duas situações diferentes: um casal que já conseguiu realizar o adiamento com todos os fornecedores e hoje estão em um momento mais tranquilo e outro casal que ainda tem esperança de não precisar adiar, mas vivem essa incerteza e precisam definir nos próximos dias...


Thais e Manary - 20.04.2020 

"No Início não estava acreditando na gravidade da Pandemia. Mesmo tendo Madrinhas e amigas que vem da Europa, eu achava que isso não impactaria em nosso casamento. Abri meus olhos quando recebemos um áudio dos familiares do Manary dizendo que gostam muito de nós mas não poderiam vir ao nosso casamento pois convivem com muitos idosos no interior onde moram e não poderiam colocá-los em risco voltando contaminados para o Interior. Isso nos impactou muito quando percebemos que toda nossa preparação poderia ser afetada pela ausência das pessoas que tanto amamos. Afinal estamos preparando algo lindo para eles e qual o sentido de não tê-los em nosso casamento? 

A partir daí, caiu a nossa ficha, e paramos para pensar, precisamos adiar a data. Mas a principio, isso era impossível para nós, afinal são mais de 20 fornecedores, precisávamos alinhar com todos ao mesmo tempo e encontrar uma data que todos estivessem disponíveis, até por que encontrar a data é o ponto mais difícil no casamento. E nós escolhemos tão rigorosamente nossos fornecedores e não havia a possibilidade de trocar nenhum. Confiamos e gostamos muito de todos, e conversamos com nossos assessores (Agda e Márcio) e eles foram super rápidos, em menos de 1 hora eles já tinham contatado todos os fornecedores e já tinham 2 possíveis datas, e acabamos fechando no dia 12.06 com todos os fornecedores. Isso nos aliviou muito, não tive tempo para sofrer. Rsrsrsrs 

Tive uma pequena frustração no início com relação aos brindes personalizados, que já estavam prontos e com a data do dia 20.04 mas decidimos que isso não atrapalharia um momento tão especial, afinal tanto os fornecedores como os convidados entenderiam que foi necessário adiar. 

"E adiamos para uma data tão fofa que é o dia dos Namorados. Fizemos um informe em nosso site com a nova data e convidando todos a passar o dia dos namorados com o casal mais Fofo que eles conhecem S2. Rsrsrsrsrs" 


A lição que tiramos disso é: “Se temos um problema sério, vamos enfrentar, não dá pra insistir e colocar nossa saúde e de pessoas tão queridas em risco. Tivemos que resolver. Para casar no dia 20.04 não teríamos fornecedores, convidados, e isso com certeza seria uma frustração. Mas o adiamento da data com certeza foi o ideal, e o que nos deixou ainda mais tranquilos foi que todos os fornecedores foram super receptivos e entenderam o momento, dispostos a abrir a agenda e remarcar da melhor maneira possível. Esse era um dos meus maiores medos no início e percebemos logo nos primeiros fornecedores que daria tudo certo. Estavam todos super solicitos e sabiam que é um problema global. 

Queremos passar por esse momento feliz e pensamos, vamos casar em um período em que não poderemos abraçar nossos convidados? Ao que parece é que o adiamento poderia ser algo ruim, mas não é por que vai acontecer em um momento em que estejam todos felizes e conectados conosco e que eu possa abraçar todos e sentir o carinho de todas pessoas queridas comigo e com o Manary." Conta Thais.



Letícia e Gustavo - 25.04.2020

"Estamos meio perdidos ainda, nossa vontade é casar na data que escolhemos, que planejamos para esse dia especial. Estamos tentando contato com o espaço para ver as possíveis datas para adiamento pois temos o receio de ficar muito em cima da data e não ter tempo hábil de avisar os convidados e fornecedores. Temos uma Madrinha que vem da Bélgica e está com a viagem marcada, e precisamos avisá-la caso haja o adiamento para que ela também possa adiar seu Vôo. Pois ainda há uma restrição na Europa até o dia 11.04, mas não sabemos se isso será postergado ou não. Estamos com todos os fornecedores muito solicitos a ajudar, nosso medo é não conseguir conciliar uma nova data com todos os fornecedores.

Está sendo como organizar um segundo casamento, porque praticamente iniciamos do zero, tendo que resolver novamente com cada fornecedor, datas, horário e depois de fechar tudo temos que notificar os convidados que já estão com os convites e alguns já perguntando como será? se irá acontecer ou se mudaremos a data para que possam se planejar. 

Temos a Lua de Mel agendada para a Jamaica, mas também não sabemos como será, se eles aceitarão turistas brasileiros, ou se já antecipamos e tentamos mudar o local da Lua de Mel. 

Está sendo frustrante para nós, pois temos que mudar a data que escolhemos para um dia especial para nós, mas entendemos que é uma força maior, o Gustavo trabalha na área da Saúde e entendemos que é um momento delicado de saúde pública e não queremos nos expor nem expor nossos familiares e amigos. 

Mas temos a certeza de que no final valerá tudo a pena e será um dia Especial como planejamos para nós e para o início da nossa família."Conta Letícia.



...Deste Modo, espero ter ajudado a todos casais que passam, ou passarão por uma situação como as de Thais e Manary ou Letícia e Gustavo. Todos do mercado estão unidos para auxiliar vocês. 

Nos colocamos a disposição para solucionar qualquer dúvida que não foi possível tirar nesse post. 

Não hesitem em pedir auxílio, estamos aqui unidos como disse a Gi Millan, prontos para ajudar tenha contrato assinado conosco ou não. Essa é a Hora de um ajudar o outro... Sim, Podemos dar as mãos nesse momento, sem medo do Contágio da COVID-19. 



Desejo muita Luz para todas as Noivas e todos os Fornecedores, que essa fase passe o mais rápido possível. 

Enquanto isso, mantenham todos em suas casas se prevenindo do contágio. Essa é a melhor maneira de passar o mais rápido possível por essa Pandemia. 



Welington Gonçalves
@jwelington_fotografo